Os chineses no ‘lado escuro’ da Lua. Mas o que tem por lá?

Sonda é a primeira a pousar na face oculta do satélite natural da Terra e marca novo capítulo da corrida espacial

A sonda Chang'e-4, não tripulada, pousou na parte da Lua que não é visível da Terra nesta quinta-feira (3). O feito da agência espacial chinesa é inédito. Até hoje, só haviam sido feitos pousos na face que se vê do nosso planeta. Entenda no "Durma com essa" como a China vem investindo na exploração lunar, colocando-se como uma potência na corrida espacial ao lado de países como Estados Unidos e Rússia.

 

Colaborou Laura Capelhuchnik

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.

Já é assinante? x

Entre aqui

Continue sua leitura

Inscreva-se abaixo no Boletim Coronavírus, uma newsletter diária do Nexo: