Ir direto ao conteúdo

Quem foi Lincoln Olivetti, a máquina de fazer sucessos

Responsável por sonoridade dançante e luminosa que dominou a música do país, produtor e arranjador será tema de série documental em 2019

    Temas

    Com seu talento e marca sonora, o produtor e arranjador Lincoln Olivetti modernizou a música brasileira nas décadas de 1970 e 1980.

    Olivetti trouxe sintetizadores e balanço para o som de artistas como Marcos Valle, Gilberto Gil, Rita Lee e Jorge Ben Jor (que à época ainda assinava Jorge Ben), entre dezenas de outros. Hoje, seus clássicos são recuperados e celebrados por DJs e público nas pistas de dança.

    A oitava edição do Escuta, o podcast de música do Nexo, aborda a história, as inovações e o legado de Olivetti. A hora é boa: em 2019, será lançada uma websérie documental sobre o produtor.

    Participações especiais de Mary Olivetti, Kassin, Boss in Drama e Millos Kaiser (Selvagem).

     

    Músicas do programa:

    Gilberto Gil - Palco

    Marcos Valle - Estelar

    Rita Lee - Baila comigo

    Jorge Ben - Rio Babilônia

    Painel de Controle - Black coco

    Jorge Ben - Salve simpatia

    Ney Matogrosso - Amor objeto

    Rita Lee - Lança perfume

    Doobie Brothers - What a fool believes

    Lincoln Olivetti e Robson Jorge - Baila comigo

    Lincoln Olivetti e Robson Jorge - Lança perfume

    Sandra de Sá - Olhos coloridos

    Tony Bizarro - Estou livre

    Baco Exu do Blues - Queima minha pele

    Colaborou Ricardo Monteiro

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa Equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project. Saiba mais.

    Mais recentes