Ir direto ao conteúdo

O que são coligações proporcionais. E por que elas vão acabar

Este é o ‘Politiquês’, o podcast de política do ‘Nexo’. Nesta edição, uma conversa sobre as alianças feitas nas eleições de deputados e vereadores

Assim como nas eleições para presidente, governadores e prefeitos, os partidos firmam alianças nas eleições proporcionais – para deputados e vereadores. Elas são usadas pelas legendas para aumentar suas chances de vencer a corrida eleitoral. Mas, a partir de 2020, as coligações proporcionais não serão mais permitidas no Brasil.

Neste Politiquês, falamos com Carlos Machado, professor do Instituto de Ciência Política da UnB e pesquisador do Grupo de Pesquisa sobre Democracia e Desigualdades, para entender melhor essa ferramenta – que ainda vale em 2018 – e entender o que o seu fim representará para a política brasileira.

A dica de livro é da Juliana Moura Bueno, cientista política, ativista de direitos humanos e por igualdade de gênero. E a trilha desta semana ficou com o Tagua Tagua.

 

Materiais de referência

Com produção de Laila Moualleme colaboração de Ricardo Monteiro

 

 

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.