Eleição tem custo e alguém paga. Quem paga quer o quê?

Este é o ‘Politiquês’, o podcast de política do ‘Nexo’. Nesta edição, o financiamento das campanhas no Brasil e a criação do fundo público para bancar eleições

O Nexo é um jornal independente sem publicidade financiado por assinaturas. A maior parte de nossos conteúdos são exclusivos para assinantes, mas esta seção é de acesso livre sempre. Aproveite para experimentar o jornal digital mais premiado do Brasil. Conheça nossos planos. Junte-se ao Nexo!

Eleição custa dinheiro, e o Brasil se notabilizou nas últimas décadas por ser um país de eleição cara. Mas o problema não é só esse. Eleição cara exige arrecadação em larga escala. Daí para o caixa dois é um passo. Para corrupção mais um. A Justiça agiu e proibiu doações de empresas a candidatos. Agora, o Congresso achou um jeito de compensar a queda de dinheiro: criou um fundo de campanha com verba pública, que passar a valer na eleição de 2018.

O “Politiquês” trata de tudo isso, a partir de uma conversa com Bruno Carazza, doutor em direito pela Universidade Federal de Minas Gerais. A trilha é da cantora e compositora Alessandra Leão, e a dica de livro é do jornalista José Roberto de Toledo.

Materiais de referência

Produzido por Matheus Pimentel

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.