Ir direto ao conteúdo

Como começar a ler Clarice Lispector

Especialistas e escritores debatem sobre a obra da escritora de ‘A Paixão segundo GH’, ‘A hora da Estrela’ e ‘Perto do coração Selvagem’ e dão dicas para os iniciantes se aventurarem em seus livros

Temas

Escritora e jornalista, Clarice Lispector se debruçava sobre a construção de sua interioridade por meio das palavras e evitava a delimitação e definição de sua obra em qualquer categoria. Naturalizada brasileira, nasceu em Chechelnyk, na Ucrânia e depois se mudou para Pernambuco com sua família. “A Paixão segundo GH”, “A Hora da Estrela”, “Perto do Coração Selvagem”, “Laços de Família” e “Água Viva” estão entre suas principais obras.

Conversamos com especialistas e escritores que falaram do estilo de Clarice e debateram sobre a ideia de “literatura feminina”. Confira os depoimentos e as dicas de Clarisse Fukelman, professora no departamento de Comunicação social da PUC RIO; Nádia Gotlib, professora de literatura brasileira da USP e do Programa de pós graduação da USP em estudos comparados de língua portuguesa; o professor de Língua Portuguesa da Faculdade Cásper Líbero e crítico literário, Welington Andrade; o escritor e crítico literário que escreveu na “orelha” de muitos livros de Clarice Lispector, José Castello; a ensaísta e professora do departamento de teoria literária do Instituto de Estudos da Linguagem da Unicamp, Vilma Arêas e a escritora e jornalista Cíntia Moscovich. Ouça:

 

ESTAVA ERRADO: Na primeira versão deste podcast, o nome do escritor argentino Jorge Luis Borges foi dito de maneira errada. O áudio foi corrigido às 13h10 do dia 23 de agosto.

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.