Tra·ba·lho

Existem duas hipóteses para a origem de “trabalhar”. A primeira, mais amplamente aceita, traça um caminho de volta ao latim vulgar “tripaliare”: significa “torturar”. Remonta ao “tripalium”, um instrumento de tortura; de “tria” + “palus”, “três estacas”. “Palus” vem do protoindo-europeu “*pag-”, que significa fixar algo — por acaso, é de onde vieram a “paz” e o “pagamento”.

Sofia Nestrovski é mestre em teoria literária pela USP e colabora para revistas como Piauí, Quatro cinco um e Cult.

Os artigos publicados pelos colunistas são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam as ideias ou opiniões do Nexo.

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Gosta do nosso jornalismo?

Somos um jornal independente, por assinatura, e sem publicidade, financiado por vocês, nossos leitores. Jornalismo de qualidade no qual você pode confiar.

  • → O essencial para estar bem informado todos os dias
  • → Notícias de forma clara, equilibrada e organizada
  • → Newsletters exclusivas
  • → Acesso a nossos gráficos e especiais

Esteja conectado com o melhor da informação.
Torne-se um assinante. Junte-se ao Nexo!