Spotify, 15 anos. O que você sabe sobre a plataforma?

Neste quiz, o ‘Nexo’ desafia seus conhecimentos sobre a gigante do streaming de música

O Nexo é um jornal independente sem publicidade financiado por assinaturas. Este conteúdo é exclusivo para nossos assinantes e está com acesso livre como uma cortesia para você experimentar o jornal digital mais premiado do Brasil. Apoie nosso jornalismo. Conheça nossos planos. Junte-se ao Nexo!

Na sexta-feira (23), a plataforma de música e podcasts Spotify completou 15 anos. O serviço, fundado em 2006 pelos empresários suecos Daniel Ek e Martin Lorentzon, foi um dos pioneiros no mercado de streaming, que transformou completamente o cenário da indústria fonográfica na década seguinte.

Por um lado, o streaming apresentou uma saída para a crise que o setor enfrentava com a ascensão da mídia digital — e da pirataria — nos anos 2000. Depois de mais de dez anos registrando quedas na arrecadação, a indústria voltou a crescer em 2015, apoiada em serviços como o Spotify, Apple Music, Tidal etc.

As empresas de tecnologia conseguiram convencer o público a voltar a pagar por música, usando um novo sistema: no lugar da venda de faixas ou álbuns individuais, foi adotada a venda de assinaturas que conferem acesso a enormes bibliotecas digitais.

Para o consumidor, o efeito da mudança foi de facilitar e baratear o acesso à música por vias legais. O Spotify conta inclusive com uma versão gratuita, que se diferencia do serviço pago pela inclusão de propagandas e alguns obstáculos à livre navegação do catálogo.

Por outro lado, artistas têm protestado contra a plataforma, pedindo por mais transparência sobre seu funcionamento e pagamentos maiores em royalties pela reprodução das músicas. Essa demanda se intensificou em 2020, conforme as restrições impostas pela pandemia de covid-19 cortaram a principal fonte de renda dos músicos, as apresentações ao vivo.

Neste quiz, o Nexo testa seus conhecimentos sobre os episódios e discussões que marcaram a história do Spotify. Vamos lá?

Qual o valor que o Spotify paga em royalties por cada reprodução de música na plataforma?

Entre US$ 0,33 e US$ 0,54
Entre US$ 0,033 e US$ 0,054
Entre US$ 0,0033 e US$ 0,0054

Qual foi a participação do Spotify na arrecadação da indústria fonográfica mundial em 2020?

Mais de 10%
Mais de 20%
Mais de 30%

Serviços como o Spotify têm alterado padrões no consumo de música. Qual dos itens abaixo é associado à ascensão do streaming?

Redução nas vendas de discos de vinil
Consumo de música mais eclético
Hegemonia da música anglófona no cenário internacional

Quais das características abaixo contribuem para o sucesso comercial de um álbum no Spotify?

Número maior de faixas, músicas mais curtas
Número maior de faixas, músicas mais longas
Número menor de faixas, músicas mais curtas

Um grupo de artistas concentra 90% das reproduções de música no Spotify. Quantos artistas compõem esse grupo?

Mais de 50 mil
Mais de 100 mil
Mais de 1 milhão

Em 2017, o Spotify foi acusado de empregar uma estratégia para pagar menos dinheiro em royalties. Qual estratégia era essa?

Falsificação da quantidade de streams na plataforma
Atraso nos pagamentos de artistas independentes
Divulgação de “artistas falsos”

Em 2018, o Spotify causou controvérsia ao remover as músicas de alguns artistas de playlists na plataforma. Quais dos artistas abaixo foram afetados?

Michael Jackson e Dr. Luke
R. Kelly e XXXTentacion
Chris Brown e Ryan Adams

Um recurso anunciado em 2020 pelo Spotify foi comparado à antiga prática do “jabá” na indústria fonográfica. Como funciona esse recurso?

Artistas podem abrir mão de parte dos pagamentos em troca de mais exposição na plataforma
Artistas recebem pagamentos adicionais ao bater metas de reprodução na plataforma
Spotify paga estações de rádio para tocar músicas de artistas em ascensão na plataforma

Em 2015, o Spotify passou a incluir podcasts em sua plataforma. Qual das opções abaixo NÃO apresenta um investimento da empresa nesse setor?

Compra de empresas especializadas na produção e distribuição de podcasts
Adaptação de podcasts para o cinema e a TV
Produção e venda de equipamentos de gravação de podcasts

Responda todas as perguntas para ver seu resultado final.

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.