Ir direto ao conteúdo

Você conhece a obra do cineasta Federico Fellini? Faça o teste

Diretor italiano responsável por filmes como “A doce vida” e “Amarcord” completaria cem anos em janeiro de 2020. O ‘Nexo’ testa seu conhecimento sobre sua carreira e filmografia

    Temas

    O cineasta italiano Federico Fellini completaria cem anos na segunda-feira (20). São dele filmes como “A doce vida”, “Oito e meio” e “Amarcord”, considerados obras-primas do cinema do século 20.

    No pós-guerra, em um momento em que o cinema e a literatura na Itália procuravam retratar e denunciar a realidade política e social, o cinema de Fellini criou uma feição própria, única em sua geração: ligada à fantasia, ao espetáculo, ao sonho, ao grotesco e ao extravagante e o barroco.

    Nascido na cidade costeira de Rimini em 1920, Fellini se mudou para Roma aos 18 anos. Ao contrário de muitos colegas de sua geração, não recebeu a instrução formal do Centro Sperimentale di Cinematografia, escola de cinema de Roma.

    Sua formação cinematográfica passa mais por Charles Chaplin, Buster Keaton, irmãos Marx e Luís Buñuel do que pelos autores cultuados nos cineclubes da época de sua juventude, como Carl Theodor Dreyer e Serguei Eisenstein. Durante a Segunda Guerra Mundial, Fellini escreveu esquetes para o programa de rádio Cico e Pallina. Logo depois se tornou roteirista de cinema, colaborando em uma série de filmes nessa função e também como assistente de direção e ator, até dirigir seu primeiro filme “Mulheres e luzes” junto com Alberto Lattuada em 1950.

    Fellini foi casado com a atriz Giulietta Masina de 1943 até sua morte, em 1993. Ela morreu um ano mais tarde, em 1994. Masina estrelou vários de seus filmes, como “Noites de Cabíria”, “Julieta dos espíritos” e “Ginger e Fred”.

    Em comemoração ao centenário do diretor, o Nexo testa abaixo seus conhecimentos sobre sua filmografia:

    Antes de ingressar no cinema, na década de 1940, Fellini exerceu qual profissão?

    Advogado
    Arquiteto
    Caricaturista

    No início da carreira, Fellini colaborou como roteirista em um filme que é considerado o marco inicial do neorrealismo italiano. Que filme é esse?

    “Roma, cidade aberta”, de Roberto Rossellini
    “A grande beleza”, de Paolo Sorrentino
    “Suspiria”, de Dario Argento

    Neste filme de 1960 que colocou Fellini definitivamente entre os diretores mais famosos de sua época, há uma famosa cena na qual a atriz Anita Ekberg entra vestida na Fontana di Trevi, diante do olhar de Marcello Mastroianni. Qual é o filme?

    “Amarcord”
    “Oito e meio”
    “A doce vida”

    O universo do circo, com seus palhaços e artistas itinerantes, fascinava Fellini desde a infância. Ele o enxergava como uma metáfora da vida, e via a si mesmo como um palhaço ou um mestre de cerimônias. O circo está diretamente presente em vários de seus filmes. Em qual dos longas abaixo ele NÃO aparece?

    “A estrada da vida”
    “Amarcord”
    “A trapaça”

    “‘Oito e meio’ sempre foi uma referência para mim, de muitas maneiras. A liberdade, o senso de inovação, o rigor subjacente, o profundo desejo, o encantamento, a atração física dos movimentos de câmera e composições”, afirmou um diretor americano, grande admirador de Fellini, que afirma rever o filme todo ano. Na década de 1990, ambos planejavam trabalhar juntos em um documentário, mas Fellini morreu antes que o projeto se concretizasse. Quem é o diretor?

    Francis Ford Coppola
    Martin Scorsese
    Brian De Palma

    Este compositor italiano criou a trilha sonora de todos os filmes de Fellini entre “Abismo de Um Sonho” (1952) e “Ensaio de Orquestra” (1979). Trabalhou também com vários outros diretores de renome, entre eles Francis Ford Coppola, para quem criou o famoso tema de “O poderoso chefão”. Como se chama?

    Nino Rota
    Ennio Morricone
    Giacomo Puccini

    Responda todas as perguntas para ver seu resultado final.

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa Equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project. Saiba mais.

    Mais recentes

    Você ainda tem 2 conteúdos grátis neste mês.

    Informação com clareza, equilíbrio e qualidade.
    Apoie o jornalismo independente. Junte-se ao Nexo!