Ir direto ao conteúdo

Você reconhece estes símbolos de protestos? Faça o teste

Neste quiz, o ‘Nexo’ avalia seus conhecimentos sobre objetos, músicas e ilustrações que marcaram manifestações de hoje e da história

Desde que as ruas do Chile foram tomadas por protestos, em meados de outubro de 2019, as demandas da população chilena cresceram. O que começou como uma manifestação contra o aumento da passagem do metrô passou a representar, segundo a cientista política Rossana Castiglioni, uma luta contra a “precarização da classe média, da politização da desigualdade e da rigidez institucional do país”.

Nesse período, um símbolo passou a ilustrar cartazes, bandeiras e postagens nas redes sociais: a imagem de um cachorro de pelagem preta com uma bandana vermelha enrolada no pescoço, o “Negro Matapacos” (traduzido do espanhol para “Negro matador de policiais”). O animal, que morreu em 2017, ganhou notoriedade depois de aparecer em fotos confrontando policiais e viaturas durante os protestos estudantis chilenos de 2010, sendo tema até de um documentário. Em 2019, o cachorro inspirou diversos ilustradores, cujas artes foram hasteadas durante os atos.

“Símbolos são simultaneamente recursos e resultados da ação política”, afirma o professor de ciência política Thomas Olesen, da Universidade de Aarhus, da Dinamarca. Ao mesmo tempo, na visão do especialista, símbolos ampliam a ressonância pública e fortalecem os esforços de recrutamento e legitimação de movimentos.

Além dos tradicionais hinos e bandeiras, símbolos podem ter os mais diversos formatos — como músicas, artigos de roupa, desenhos, objetos e gestos. Neste quiz, o Nexo faz 8 perguntas sobre símbolos usados em movimentos e protestos de várias épocas e lugares no mundo. O que você sabe sobre eles?

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.

Você ainda tem 2 conteúdos grátis neste mês.

Informação com clareza, equilíbrio e qualidade.
Apoie o jornalismo independente. Junte-se ao Nexo!