Dia do trabalho é feriado em 157 países membros da ONU

Data tem origem em greves promovidas por trabalhadores no fim do século 19. Sete países têm feriados similares em outros dias do ano

O Nexo é um jornal independente sem publicidade financiado por assinaturas. A maior parte dos nossos conteúdos são exclusivos para assinantes. Aproveite para experimentar o jornal digital mais premiado do Brasil. Conheça nossos planos. Junte-se ao Nexo!

O dia 1º de maio é normalmente conhecido como Dia do Trabalho ou Dia do Trabalhador. Como feriado, é celebrado em 157 países, seja nesta data ou em dias próximos. No Brasil, é um feriado nacional, oficialmente desde 1925.

A data remonta às manifestações de trabalhadores que ocorreram em maio de 1886, na cidade americana de Chicago, pela jornada de trabalho de oito horas. A polícia matou quatro grevistas, o que repercutiu nos movimentos operários ao redor do mundo. Depois disso, virou uma data simbólica para manifestações e greves.

O 1º de maio é único feriado não-religioso com abrangência global, mas nem todos os países o seguem. Alguns têm outros feriados na mesma data, como o Cazaquistão, que comemora a unidade do povo cazaque, e a Finlândia, que com uma festividade chamada Vappu marca o fim do inverno. No Vaticano, o 1º de maio é dedicado a São José, padroeiro dos trabalhadores, desde 1995.

Já em outros países, como EUA, Austrália, Canadá, Japão e Nova Zelândia, comemora-se o momento em outras datas. Nos EUA, a primeira segunda-feira de setembro é um feriado nacional, chamado de dia do trabalho.

Gráfico mostra países que celebram o Dia do Trabalhador em 1º de maio ou em outras datas, e territórios que têm outros feriados na mesma data ou variações regionais.

Continue no tema

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.