30 anos de desmatamento da Amazônia, em mapas e gráficos

Imagens de satélite mostram ano a ano o desaparecimento da vegetação em diversas regiões da floresta amazônica até 2018

ESTAVA ERRADO: Na primeira versão deste gráfico, o mapa que mostra a área do Rio Xingu (Leste do Pará) indicava erroneamente a cidade de Parauapebas como Paraopebas. A correção foi feita às 11h15 do dia 10 de setembro de 2019.

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.

Já é assinante?

Entre aqui

Continue sua leitura

Para acessar este conteúdo, inscreva-se abaixo no Boletim Coronavírus, uma newsletter diária do Nexo: