Lotação de presídios e taxa de encarceramento aqui e no mundo

País teve crescimento de 618% de sua população de detentos desde 1990. Além disso, todos os Estados contam com mais gente do que o previsto nas cadeias

O Nexo é um jornal independente sem publicidade financiado por assinaturas. Este conteúdo é exclusivo para nossos assinantes e está com acesso livre como uma cortesia para você experimentar o jornal digital mais premiado do Brasil. Apoie nosso jornalismo. Conheça nossos planos. Junte-se ao Nexo!

ESTAVA ERRADO: Uma versão anterior desse gráfico afirmava que a população carcerária brasileira teve um crescimento de 483% desde 1990. Esse valor se referia à taxa de encarceramento, e não ao aumento da população, que foi de 618%. A informação foi corrigida às 11h30 do dia 8 de maio de 2017.

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.