Will Smith estapeia Chris Rock após piada com esposa no Oscar

Vencedor do prêmio de melhor ator reagiu depois que apresentador zombou da ausência de cabelo de Jada Pinkett Smith, que tem alopécia

O Nexo é um jornal independente sem publicidade financiado por assinaturas. A maior parte dos nossos conteúdos são exclusivos para assinantes. Aproveite para experimentar o jornal digital mais premiado do Brasil. Conheça nossos planos. Junte-se ao Nexo!

    Temas

    Realizada neste domingo (27), a 94ª edição do Oscar ficou marcada por um agressão do ator Will Smith ao comediante Chris Rock, apresentador da cerimônia. Smith reagiu a uma piada a respeito da cabeça raspada de sua esposa, Jada Pinkett Smith, que tem alopécia – condição que causa perda de cabelo.

    “Jada, eu te amo. Mal posso esperar para te ver em ‘GI Jane 2’ [eventual continuação de filme estrelado por Demi Moore em 1997, no qual ela interpreta uma militar de cabeça raspada]

    Chris Rock

    comediante e apresentador da 94ª edição do Oscar

    Smith subiu ao palco e estapeou Rock. Depois, voltou ao seu lugar na plateia e, do seu assento, interpelou o comediante: “tire o nome da minha mulher da porra da sua boca”. Constrangido, o apresentador reagiu dizendo que o episódio era um grande momento da televisão ao vivo”. Segundo a revista Vanity Fair, ele não prestará queixa do ocorrido.

    Na mesma noite, Smith foi premiado com a estatueta de melhor ator por sua atuação em “King Richard”, em que interpreta o pai das tenistas Serena e Venus Williams. Ele pediu desculpas pela agressão a Rock em seu discurso de agradecimento e se comparou ao protagonista do filme, chamado por ele de “um forte defensor da família” .

    “Eu pareço o pai maluco, assim como eles disseram sobre Richard Williams. Mas o amor vai fazer você fazer coisas loucas [...] Nesse ramo, você tem que aguentar pessoal falando besteiras sobre sua família e não responder. Denzel [Washington] me disse alguns minutos atrás: ‘no seu momento mais alto, tenha cuidado, é quando o diabo vem para você’. [...] Quero me desculpar com a Academia, quero me desculpar com todos os meus colegas indicados

    Will Smith

    vencedor do prêmio de melhor ator na 94ª edição do Oscar

    Após a cerimônia, Academia de Artes e Ciências Cinematográficas americana, responsável pelo Oscar, publicou uma mensagem nas redes sociais dizendo que não tolera qualquer tipo de agressão.

    A edição de 2022 do Oscar foi marcada por uma série de ineditismos. O longa “No ritmo do coração”, da Apple TV+, foi o primeiro filme de uma plataforma de streaming a ganhar a principal categoria da premiação. Foi também a primeira vez que a cerimônia premiou uma atriz queer negra (Ariane deBose, melhor coadjuvante por “Amor, sublime amor”) e um ator surdo (Troy Kotsur, melhor coadjuvante por “No ritmo do coração”).

    Continue no tema

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.