Cidade do Rio suspende vacinação infantil por falta de doses

Imunização de crianças de 5 a 11 anos deve ser retomada na próxima semana, segundo a Secretaria Municipal de Saúde

O Nexo é um jornal independente sem publicidade financiado por assinaturas. A maior parte dos nossos conteúdos são exclusivos para assinantes. Aproveite para experimentar o jornal digital mais premiado do Brasil. Conheça nossos planos. Junte-se ao Nexo!

    Por falta de doses, a vacinação de crianças entre 5 e 11 anos contra a covid-19 foi suspensa na cidade do Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (17). É a terceira vez que a capital fluminense interrompe o calendário de imunização por esse motivo. Segundo o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, a cidade deve receber uma nova remessa de doses na segunda-feira (21), e a vacinação dessa faixa etária será retomada na terça-feira (22).

    Até lá, só receberão a vacina as crianças de 5 a 11 anos que têm deficiência ou comorbidades, ou que tenham pré-agendado a imunização na escola. A vacinação de pessoas acima de 12 anos e a aplicação das doses de reforço continuam normalmente.

    O estoque da vacina Coronavac já estava zerado há mais de uma semana. O estoque da Pfizer pediátrica está no limite. São muito poucas doses, que não sustentam a manutenção da campanha”, disse Soranz. Ele afirma que o município não recebeu doses pediátricas que eram esperadas esta semana do Ministério da Saúde.

    Em nota à Agência Brasil, o ministério disse que 297,7 mil doses de vacinas para crianças serão enviadas ao estado do Rio de Janeiro ainda nesta semana e que a distribuição entre os municípios é responsabilidade do governo estadual. Ainda segundo o ministério, 965 mil doses de vacina foram enviadas ao estado do Rio até agora para a imunização infantil 594,4 mil doses da Pfizer pediátrica e 370,6 da Coronavac, cuja formulação é igual para crianças e adultos.

    Já a Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro informou à Agência Brasil que está prevista para esta sexta-feira (18) uma entrega do Ministério de 91,1 mil doses pediátricas da Pfizer. As distribuição das vacinas entre os municípios começa no mesmo dia.

    Continue no tema

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.