Pilotos e comissários de voo prometem greve nacional

Funcionários querem que companhias aéreas façam reposição salarial que não aconteceu em 2020 por causa da pandemia

O Nexo é um jornal independente sem publicidade financiado por assinaturas. A maior parte dos nossos conteúdos são exclusivos para assinantes. Aproveite para experimentar o jornal digital mais premiado do Brasil. Conheça nossos planos. Junte-se ao Nexo!

    Profissionais aeronautas, como pilotos e comissários de bordo, vão entrar em greve na segunda-feira (29). A decisão foi anunciada pelo Sindicato Nacional dos Aeronautas depois de assembleia realizada nesta quarta-feira (24).

    Apenas metade dos funcionários que trabalham para agências aéreas deve continuar ativa durante a greve até que as reivindicações da categoria sejam atendidas. Os funcionários pedem que as perdas inflacionárias dos seus salários sejam corrigidas. A categoria pede aumento de 15%. As empresas ofereceram reajuste de 3%, segundo o sindicato.

    A correção não aconteceu em 2020 por causa da pandemia. Nos últimos meses, enfrentamos falências, demissão em massa, dúvidas em relação ao futuro. Queremos pelo menos uma recomposição inflacionária. A categoria aceitou reduções de salários desde o início da pandemia e as empresas estão em boa situação”, disse ao jornal Folha de S.Paulo o presidente do sindicato, Ondino Dutra Cavalheiro Neto.

    O setor de aviação foi um dos primeiros a sentir o impacto da pandemia, com a baixa procura por serviços devido às restrições de circulação de pessoas nos países para frear a contaminação pela covid-19. Governos precisaram lançar planos e medidas de socorro para a categoria a fim de mitigar os prejuízos. Com a melhora do cenário em 2021, a área está retomando as atividades.

    Continue no tema

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.