Poeta e tradutor Ivo Barroso morre aos 91 anos

Escritor premiado foi responsável por traduzir clássicos da literatura mundial para o português

O Nexo é um jornal independente sem publicidade financiado por assinaturas. A maior parte dos nossos conteúdos são exclusivos para assinantes. Aproveite para experimentar o jornal digital mais premiado do Brasil. Conheça nossos planos. Junte-se ao Nexo!

    O poeta e tradutor Ivo Barroso morreu aos 91 na terça-feira (5), no Rio de Janeiro, em decorrência de uma parada cardíaca. Segundo um amigo da família ao jornal O Estado de S. Paulo, o escritor estava internado no hospital Casa de Saúde São José após ter sofrido uma queda em seu apartamento.

    Nascido no município de Ervália, no interior de Minas Gerais, Barroso se mudou ainda jovem para o Rio de Janeiro, onde se formou em direito e em línguas neolatinas. Nos anos 1950, cofundou a revista Senhor e trabalhou como jornalista no suplemento literário do Jornal do Brasil. Enquanto poeta, Barroso se aproximava do movimento concretista, que propunha uma ruptura na maneira como se fazia poesia até então.

    Considerado um dos mais importantes tradutores do Brasil, ele transpôs para o português obras clássicas de autores como Arthur Rimbaud, T.S. Eliot, William Shakespeare, Hermann Hesse, Italo Calvino, Jane Austen e Umberto Eco.

    Barroso ganhou o prêmio Jabuti de tradução em duas ocasiões. Em 1992, por seu trabalho com “Os gatos”, de T.S. Eliot, e em 1998, por “Prosa poética”, de Rimbaud. Outra premiação importante na carreira de Barroso foi a que recebeu da Academia Brasileira de Letras pela tradução da obra teatral completa de T.S. Eliot. Como escritor, seus últimos livros lançados foram “O corvo e suas traduções” e “Breviário dos afetos”. Em 2002, sua obra de poesias “A caça virtual e outros poemas” foi finalista do Jabuti.

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.