Pelé recebe alta de UTI e está em boa condição, dizem médicos

Ex-jogador passou por cirurgia em 4 de setembro para retirar tumor no cólon identificado durante exames de rotina

O Nexo é um jornal independente sem publicidade financiado por assinaturas. A maior parte dos nossos conteúdos são exclusivos para assinantes. Aproveite para experimentar o jornal digital mais premiado do Brasil. Conheça nossos planos. Junte-se ao Nexo!

    O tricampeão mundial de futebol Pelé recebeu alta da UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do hospital Albert Einstein, em São Paulo, e foi transferido para um quarto nesta terça-feira (14), dez dias após ter sido submetido a uma cirurgia para retirada de um tumor no cólon direito.

    O ex-jogador de 80 anos apresenta boa condição clínica, de acordo com boletim médico divulgado pelo hospital. Em publicação no Instagram, Pelé confirmou que deixou a UTI disse estar “a cada diz mais alegre, com muita disposição para jogar 90 minutos, mais a prorrogação”.

    Ele foi internado em 31 de agosto para exames de rotina que, segundo o ex-jogador, não tinham sido realizados antes devido à pandemia de covid-19. Durante os exames, foi identificado o tumor, que foi retirado e encaminhado para análise patológica. O ex-atleta do Santos vinha passando a maior parte do tempo em casa, em Guarujá (SP), para se proteger da pandemia.

    Pelé foi hospitalizado diversas vezes em anos recentes para tratar problemas na próstata e nos rins, e caminha com dificuldades devido a sequelas de cirurgias no quadril.

    Em 2019, ele passou alguns dias internado em um hospital de Paris para tratar um quadro de infecção urinária diagnosticado depois de participar de um evento na cidade ao lado de Kylian Mbappé, atacante do Paris Saint-Germain e da seleção francesa de futebol. Na volta ao Brasil, também passou alguns dias no hospital Albert Einstein.

    Continue no tema

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.