Biles está fora da final individual para ‘focar na saúde mental’

Estrela da ginástica artística, atleta americana não disputará medalha na prova geral da modalidade. Ela havia abandonado a competição por equipes após errar um salto

O Nexo é um jornal independente sem publicidade financiado por assinaturas. A maior parte dos nossos conteúdos são exclusivos para assinantes. Aproveite para experimentar o jornal digital mais premiado do Brasil. Conheça nossos planos. Junte-se ao Nexo!

    Temas

    A Federação Americana de Ginástica anunciou nesta quarta-feira (28) que Simone Biles não disputará a final individual geral da ginástica artística para focar na sua saúde mental.

    Após avaliação médica, Simone Biles não participará da final individual geral da Olimpíada de Tóquio, para cuidar de sua saúde mental. Simone continuará a ser avaliada diariamente para decidir se participará ou não das demais finais individuais da próxima semana

    Federação Artística de Ginástica

    Nota publicada em 28 de julho de 2021

    Ginasta americana mais premiada de todos os tempos, Biles havia abandonado a final por equipes na terça (27) após errar seu primeiro salto na prova. Depois da apresentação que fiz, simplesmente não quis continuar”, disse após a competição na qual os EUA ficaram em segundo lugar.

    Mais tarde, Biles escreveu nas redes sociais sobre a pressão que sente durante as provas. “Assim que eu piso no tatame, sou só eu e a minha cabeça lidando com demônios. Eu verdadeiramente sinto que tenho o peso do mundo sobre meus ombros às vezes”, publicou no Instagram.

    Antes da desistência na final por equipes, a ginasta já havia sinalizado que estava enfrentando dificuldades para corresponder às expectativas. Após a prova classificatória para a final do individual geral, Biles escreveu nas redes sociais sobre a pressão que sente para conseguir medalhas. Ela ainda tem quatro pódios para disputar nos próximos dias.

    A decisão do individual geral que agora não contará com Biles acontece na quinta-feira (29). A americana era a única atleta que havia tido um desempenho melhor que a brasileira Rebeca Andrade na prova classificatória.

    Continue no tema

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.