EUA escalam nova estrela pop para estimular vacina entre jovens

Olivia Rodrigo foi à Casa Branca pedir que todos se imunizem contra a covid, numa tentativa de acelerar vacinação dos mais novos

O Nexo é um jornal independente sem publicidade financiado por assinaturas. A maior parte dos nossos conteúdos são exclusivos para assinantes. Aproveite para experimentar o jornal digital mais premiado do Brasil. Conheça nossos planos. Junte-se ao Nexo!

A cantora e atriz Olivia Rodrigo, conhecida por papéis em séries da Disney e que se tornou um fenômeno musical desde que lançou seu primeiro álbum, “Sour”, foi à Casa Branca nesta quarta-feira (14) com a missão de encorajar jovens a se vacinarem contra a covid-19.

O governo americano escalou a nova estrela pop, que tem milhões de seguidores nas redes sociais, na tentativa de impulsionar a vacinação entre os mais novos, especialmente 18 a 26 anos de idade. “É importante conversar com seus amigos e familiares e encorajar todas as comunidades a receberem a vacina”, disse a cantora.

Adultos mais jovens estão se vacinando em ritmo muito mais lento do que os mais velhos no país, de acordo com um relatório do do CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA).

“O governo Biden está fazendo um esforço contínuo para vacinar os mais jovens, inclusive trabalhando com escolas, pediatras, campos de verão e recrutando influenciadores das redes sociais e celebridades”, disse uma autoridade da Casa Branca.

Além de falar sobre a vacinação e gravar vídeos sobre o assunto, Olivia Rodrigo participou de uma reunião com o presidente Joe Biden e com o especialista em infectologia Anthony Fauci, diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas dos EUA.

Continue no tema

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.