A adaptação de ‘Sandman’. E a importância da HQ

Obra-prima de Neil Gaiman ganha série na Netflix. Nos anos 1980, ela contribuiu para a mudança de tom dos quadrinhos

    Temas

    Estreia na sexta-feira (5) “Sandman”, série da Netflix que adapta os quadrinhos de mesmo nome escritos pelo britânico Neil Gaiman. O lançamento da produção encerra um ciclo de quase 20 anos de tentativas frustradas de transpor a obra para o audiovisual.

    Publicados entre 1989 e 1993, os quadrinhos de “Sandman” foram considerados revolucionários e ajudaram a combater a censura que existia nas HQs dos Estados Unidos desde os anos 1950. As histórias acompanham a jornada de Morpheus (Tom Sturridge), a personificação dos sonhos, em tramas que vão desde a Inglaterra de Shakespeare até os dias atuais.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.