Qual o ineditismo na adesão de empresários à carta pró-democracia

Às portas das eleições, elite econômica brasileira se mobiliza colocando nomes em manifesto mais abrangente e contundente que outras iniciativas durante governo Bolsonaro

    A dois meses das eleições, um manifesto em defesa da democracia vem ganhando destaque inédito entre as contraofensivas às ameaças do presidente Jair Bolsonaro ao sistema eleitoral, já ensaiadas ao longo do mandato e redobradas em ano de disputa pelo Palácio do Planalto. Publicada por ex-alunos e professores da Faculdade de Direito da USP na terça-feira (26), a “Carta às Brasileiras e aos Brasileiros” será lida na sede da instituição no dia 11 de agosto, com apoio de signatários de diversos setores, inclusive de empresários e banqueiros – grupos que vinham resistindo a condenar o golpismo presidencial.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.