Como o TDAH virou o fio condutor de um filme de ação

‘Tudo por todo o lado ao mesmo tempo’ usa ficção científica e fantasia para falar sobre transtorno que atinge 85 milhões de pessoas globalmente

    Temas

    O TDAH (Transtorno de Deficit de Atenção e Hiperatividade) é o fio condutor de “Tudo por todo o lado ao mesmo tempo”, filme de ação dos cineastas Daniel Kwan e Daniel Scheinert, uma das produções mais elogiadas do ano de 2022.

    O longa conta a história de Evelyn (Michelle Yeoh), uma mulher capaz de viajar entre universos. Em cada realidade diferente, ela traçou uma vida distinta, adquirindo habilidades específicas.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.