Por que terras indígenas não resolvem a demanda por potássio

Bolsonaro e deputados governistas defendem mineração em áreas demarcadas para extração do mineral, usado na fabricação de adubo para a agricultura. Projeto de lei sobre o tema tramita na Câmara

A Câmara dos Deputados aprovou na quarta-feira (9) um requerimento para tramitação em regime de urgência do projeto de lei 191, que regulamenta a mineração em terras indígenas. O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), afirmou que a proposta será analisada por um grupo de trabalho e incluída na pauta em abril, como parte de acordo entre líderes da base do governo e da oposição.

A iniciativa ocorre após o presidente Jair Bolsonaro dizer que pretende explorar essas áreas em busca de potássio, usado na fabricação de fertilizantes, um produto que o Brasil importa em grande quantidade da Rússia, cujas exportações estão comprometidas pelas sanções econômicas decorrentes da invasão da Ucrânia.

PARA CONTINUAR LENDO,
TORNE-SE UM ASSINANTE

Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
SEM DIFICULDADES

Já é assinante, entre aqui

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.