Como a inflação entra na equação eleitoral de Bolsonaro

Governo articula propostas para aliviar preços de combustíveis e conta de luz. Economistas afirmam que avanço inflacionário deve ser tema central nas eleições

    O governo de Jair Bolsonaro (PL) articula junto ao Congresso uma medida para aliviar a conta de luz e o preço dos combustíveis em 2022. A proposta deve ser apresentada em fevereiro, quando voltam os trabalhos do Legislativo.

    A iniciativa do governo para enfrentar a alta desses bens indica uma atenção especial de Bolsonaro à inflação no ano em que ele deve tentar a reeleição. A conta de luz e os combustíveis foram dois motores do aumento de preços em 2021.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.