O caminho da vitória de Boric no Chile. E os desafios adiante

Mais jovem presidente eleito e mais votado da história do país sul-americano, esquerdista começa a governar em março de 2022 diante uma militância ansiosa por mudanças estruturais

    O esquerdista Gabriel Boric, de 35 anos, tornou-se neste domingo (19) o mais jovem e o mais votado presidente da história do Chile, ao derrotar o adversário José Antonio Kast, de extrema direita, por uma diferença de mais de dez pontos percentuais. Boric teve 56% dos votos, contra 44% de Kast.

    A posse está marcada para março de 2022, e a ascensão de Boric ao poder marcará a ruptura com uma longa dinâmica de alternância entre presidentes da centro-direita e da centro-esquerda, que governaram o Chile desde a volta à democracia, nos anos 1990.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.