Para onde vai o dinheiro? O foco do Congresso antes do recesso

A um mês da pausa dos trabalhos legislativos, parlamentares ainda discutem temas importantes para definir o Orçamento de 2022 e o futuro dos programas sociais no país

    O Congresso Nacional deve encerrar seus trabalhos de 2021 no dia 22 de dezembro. A um mês do início do recesso parlamentar, três temas decisivos ainda estão em aberto: a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) dos Precatórios, a medida provisória que cria o Auxílio Brasil e o futuro das emendas do relator.

    Outros temas como a privatização dos Correios e a reforma do Imposto de Renda – que já foi aprovada pela Câmara dos Deputados e aguarda aval do Senado – não devem ser analisados a tempo. O Orçamento de 2022 também não foi aprovado ainda – mas a tendência é que ele só seja analisado depois da votação da PEC dos Precatórios, que poderá aumentar a verba do governo em ano eleitoral. A votação da peça orçamentária de 2022 pode ficar para depois do recesso parlamentar, assim como ocorreu em 2021.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.