Como governo e oposição veem o resultado da eleição na Venezuela

Ao ‘Nexo’ deputada chavista e dirigente opositora falam sobre a disputa regional ocorrida em 21 de novembro, que teve alta abstenção

    Candidatos governistas, ligados ao presidente Nicolás Maduro, conquistaram 20 dos 23 governos estaduais da Venezuela nas eleições realizadas neste domingo (21). Além de garantir a hegemonia em seus redutos tradicionais, o governismo ainda amealhou três estados que, antes, estavam nas mãos da oposição.

    O bom desempenho governista também se estende ao comando das 335 prefeituras do país – a maioria ficou nas mãos de políticos ligados a Maduro, incluindo a prefeitura de Libertador, que governa a capital, Caracas. A eleição teve duas novidades: a presença de observadores internacionais, algo que não acontecia há 16 anos, e a participação de candidatos da oposição, algo que não ocorria desde 2017.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.