O museu que reúne livros banidos de todo o mundo

Criador de instituição localizada Estônia busca criar ambiente seguro para a discussão sobre a liberdade de expressão

    Reunir e preservar todos os livros que já foram censurados, proibidos ou queimados em algum momento da história. Com essa ideia, o cineasta escocês Joseph Maximillian Dunnigan criou o Banned Books Museum (ou Museu dos Livros Banidos, em tradução livre), localizado na Estônia.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.