Bolsonaro e o declínio de um impeachment que nunca decolou

País viveu picos de pressão pela abertura de processo contra presidente. Mas movimentos de oposição não alcançaram união e se dissiparam. Manifestação que estava prevista para 15 de novembro foi cancelada

    Na segunda semana de novembro de 2021, a Câmara dos Deputados registrava 140 pedidos de impeachment contra Jair Bolsonaro, numa média de quase um por semana desde que o presidente assumiu o mandato em 2019. Uma pesquisa PoderData do início do mês indicou que a maioria da população defendia a abertura de um processo por crime de responsabilidade contra o presidente. Mesmo assim, os atos da oposição previstos para 15 de novembro foram cancelados.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.