O que é o PL, partido que tenta filiar Bolsonaro para 2022

Dirigente Valdemar Costa Neto, condenado no mensalão e alvo da Lava Jato, faria evento em 22 de novembro, mas depois adiou. Conheça a história da legenda que apoiou diversos governos e já teve a vice-presidência sob Lula

    Depois de marcar a filiação de Jair Bolsonaro para 22 de novembro, a direção do PL decidiu adiar o evento, segundo revelou o jornal Folha de S.Paulo neste domingo (14). Há desacertos que envolvem diretórios de estados que não querem aderir à reeleição do presidente. O Palácio do Planalto também discorda de apoios regionais do partido a candidaturas a governador.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.