O que melhorou e o que não mudou na resolução de homicídios

Segundo relatório do Instituto Sou da Paz, índice de esclarecimento de assassinatos no país aumentou, mas continua abaixo da média global. Dados produzidos pelos estados ainda são deficitários

    Em relatório publicado na quarta-feira (13), o Instituto Sou da Paz afirma que mais da metade dos homicídios no país não são esclarecidos. Chamada “Onde mora a impunidade”, a pesquisa foi feita com base em dados de 17 estados sobre crimes de 2018 esclarecidos até 2019.

    Menor que a média mundial, a taxa brasileira de resolução de homicídios é considerada um dos principais problemas de segurança pública do país. Apesar do indicador, o Brasil avançou em relação à pesquisa anterior sobre o tema.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.