A via aberta no Congresso para tentar regular o streaming

Plataformas como Netflix, Globoplay e HBO Max foram liberadas de pagar contribuição, pondo fim a uma guerra jurídica. Para especialistas, medida pode melhorar o ambiente para aprovação de regulação

    A derrubada de um veto presidencial na segunda-feira (27) pôs fim a um impasse legal que se arrastava havia quase dez anos sobre o pagamento, pelas plataformas de streaming, de um tributo para fomentar a produção de obras audiovisuais produzidas no Brasil.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.