Como o PT lida com um filme que questiona a facada em Bolsonaro

Parte dos parlamentares divulga documentário que levanta dúvidas sobre o episódio. Outra parte considera que retomar o caso apenas ajuda o presidente

    Um grupo de deputados federais do PT, partido que é o principal opositor do atual governo, vem divulgando em suas redes sociais o documentário “Bolsonaro e Adélio, uma fakeada no coração do Brasil”, lançado em 11 de setembro pelo site Brasil 247. O filme destaca dúvidas que rondam o episódio de 6 de setembro de 2018 em que o então candidato Jair Bolsonaro levou uma facada de Adélio Bispo durante um evento de campanha na cidade de Juiz de Fora, em Minas Gerais. O documentário crava em seu título que o atentado foi uma armação.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.