Como fenômenos climáticos afetam o agronegócio em 2021

Geadas e seca levam a previsão de queda de safras. O ‘Nexo’ mostra quais produtos estão entre os mais impactados e como eles pesam no bolso dos brasileiros

    Os alimentos são um dos principais responsáveis pela inflação alta no Brasil em 2021. Em meio à alta do dólar – que estimula a exportação e reduz a oferta interna de produtos – e ao ciclo internacional de commodities, bens da agropecuária estão com o preço elevado.

    Outro fator que ajuda a impulsionar os preços são fenômenos climáticos. O Brasil vive um momento de seca histórica. Ao mesmo tempo, o país registrou geadas fortes desde julho, que também prejudicaram a produção agropecuária.

    ASSINE O NEXO PARA
    CONTINUAR LENDO

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.