A perspectiva para a economia após a frustração com o PIB

Resultado do segundo trimestre de 2021 é negativo, após três períodos de alta. O ‘Nexo’ destrincha os dados e ouve analistas sobre o que vem por aí

    O PIB (Produto Interno Bruto) teve queda de quase 0,1% no segundo trimestre de 2021 em relação aos primeiros três meses do ano, segundo dados divulgados na quarta-feira (1°) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Embora o recuo tenha sido pequeno, foi a primeira queda do PIB na comparação trimestral após três altas consecutivas.

    VARIAÇÃO

    ASSINE O NEXO PARA
    CONTINUAR LENDO

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.