Os negócios imobiliários suspeitos da família Bolsonaro

Transações de casas e apartamentos de filhos e parentes do presidente, parte delas alvo de investigação, chamam atenção por salto de patrimônio

    Sete meses depois de o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ), primogênito do presidente, ter comprado uma mansão em Brasília, outro filho de Jair Bolsonaro, Jair Renan, também se mudou para um casarão na capital federal, junto com sua mãe e ex-mulher de Jair, Ana Cristina Valle. O caso veio a público a partir de reportagem do portal UOL, publicada na sexta-feira (27).

    As transações imobiliárias da família Bolsonaro chamam a atenção sobretudo pelo contexto em que ocorrem: sobre diferentes membros do clã recaem suspeitas de esquemas de rachadinhas (desvio de verbas públicas que deveriam ser destinadas a salários de assessores). Muitas das dezenas de transações feitas aconteceram em dinheiro vivo — algo comum na política brasileira, mas alvo de restrições em outros países, por ser meio facilitador da lavagem de dinheiro.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.