O que esperar do Taleban de volta ao poder no Afeganistão

Grupo extremista tenta mudar discurso e recebe sinais de reconhecimento de potências como China e Rússia. Especialistas falam ao ‘Nexo’ sobre o que pode haver de diferente e o que não deve mudar num novo governo

    Depois de 20 anos longe do poder, o grupo fundamentalista islâmico Taleban retomou o comando do Afeganistão no domingo (15), quando obteve controle de Cabul, e o presidente afegão, Ashraf Ghani, deixou o país. A chegada dos insurgentes à capital causou pânico em parte da população afegã, que tentou fugir pelo aeroporto da cidade em cenas de desespero e caos. No tumulto, alguns se penduraram nos aviões americanos, e houve registro de tiros e mortes.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.