Por que a UFRJ corre risco de paralisar suas atividades

Uma das principais instituições de ensino e pesquisa do país, a universidade deve ficar sem dinheiro para despesas básicas a partir de julho. Falta de recursos atinge diversas outras federais

    Maior universidade federal do Brasil, a UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) terá de fechar as portas a partir de julho, por falta de verba, segundo a reitora da instituição, Denise Pires de Carvalho, e o vice-reitor, Carlos Frederico Leão Rocha. A afirmação foi feita em artigo publicado em 6 de maio no jornal O Globo.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.