O projeto paulista que veta a diversidade sexual na publicidade

Autora da proposta, deputada estadual evangélica Marta Costa afirma que objetivo é proteger famílias e crianças. Texto causou amplo repúdio entre a comunidade LGBTI, empresas e o setor publicitário

    Um projeto de lei que pode ser analisado e votado nesta quarta-feira (28) na Assembleia Legislativa de São Paulo quer proibir anúncios publicitários com a presença de pessoas LGBTI.

    Se aprovada, a proposta impediria, por exemplo, a veiculação de campanhas como a realizada para o Dia dos Namorados de 2015 pela marca de cosméticos O Boticário, em que apareciam casais heterossexuais e homossexuais trocando presentes.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.