Como o meio ambiente move a nova relação entre Brasil e EUA

Governo Biden aumenta pressão para que Bolsonaro encampe agenda ambiental. Para americanos, participação do presidente brasileiro em cúpula sobre o clima será decisiva para o futuro das relações entre os dois países

O presidente dos EUA, Joe Biden, vem aumentando a pressão para que o governo de Jair Bolsonaro adote uma política ambiental de redução do desmatamento e combate às mudanças climáticas. Para o democrata, que sucedeu o republicano Donald Trump no início de 2021, a agenda ambiental é uma das prioridades de governo. Essa agenda também passou a nortear o relacionamento com o antigo aliado sul-americano.

"As relações entre nossos países dependerão muito dessa postura ambiental do Brasil", afirmou o embaixador americano Todd Chapman em reunião virtual com políticos, economistas, empresários e diplomatas brasileiros realizada em 11 de abril.

PARA CONTINUAR LENDO,
TORNE-SE UM ASSINANTE

Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
SEM DIFICULDADES

Já é assinante, entre aqui

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.