Como a pandemia mexeu com a corrida do Oscar em 2021

Setor audiovisual foi fortemente afetado pela crise sanitária, e forçou mudanças na principal premiação do cinema americano

    Temas

    A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos EUA, responsável pelo Oscar, encerra na sexta-feira (15) a inscrição de filmes que desejam concorrer a um dos principais prêmios do cinema mundial.

    Normalmente, no mês de janeiro, a corrida pelo Oscar já tem competidores bem definidos e apresenta uma disputa razoavelmente clara. A pandemia do novo coronavírus, no entanto, mexeu com o calendário de lançamentos da indústria audiovisual, forçou a Academia a rever regras e alongou o caminho até os troféus dourados que serão entregues em 2021.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.