5 anos do Acordo de Paris: o que esperar daqui para frente 

De 2015 a 2020, o tratado global do clima ficou marcado por metas ambiciosas e por ação insuficiente dos governos. Especialistas falam ao ‘Nexo’ sobre as expectativas para o futuro

O Acordo de Paris, tratado global de combate à mudança do clima, completa cinco anos neste sábado (12) em meio à expectativa de que se amplie e se fortaleça para o futuro, depois de um período inicial marcado por avanços, mas também por inércia e incertezas.

O texto, o primeiro a considerar universais as responsabilidades para deter o aquecimento global, foi aprovado por representantes de dezenas de países, em um momento marcado por ambições inéditas para a ação climática até então e pela busca por cooperação diante dos desafios da crise ecológica.

ASSINE O NEXO PARA
CONTINUAR LENDO

Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
SEM DIFICULDADES

Já é assinante, entre aqui

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.