Por que o índice de reajuste de aluguéis se descolou da inflação

IGP-M acumula alta de quase 18% em 12 meses, muito acima do IPCA. Em meio à crise econômica, recomendação para locadores e locatários é sentar para negociar correções nos valores

    Em meio à crise causada pela pandemia do novo coronavírus, a inflação brasileira chegou a atingir níveis historicamente baixos. Entre abril e agosto de 2020, a inflação acumulada em 12 meses ficou abaixo do piso de 2,5% ao ano estabelecido pela meta do Banco Central.

    Em setembro, o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, produzido pelo IBGE), principal índice de variação de preços no Brasil, voltou a ficar acima do piso da meta de inflação, após um mês de alta puxada pelos alimentos. Apesar da elevação, a variação de preços em 12 meses segue em um patamar baixo, considerando o histórico brasileiro.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.