Por que a Johnson & Johnson parou o teste de sua vacina

Laboratório suspende ensaios clínicos em fase adiantada após detectar problemas de saúde em um dos 60 mil pacientes recrutados

O laboratório farmacêutico Johnson & Johnson anunciou na segunda-feira (12) a paralisação de todos os testes clínicos com o experimento de sua vacina contra a covid-19.

A decisão foi tomada pelo próprio laboratório após a detecção de uma “doença inexplicável com um dos participantes do estudo”. A empresa não explicou se o paciente estava recebendo a droga ou placebo. Também não foi informada a identidade do paciente e o problema de saúde detectado nele. O caso será revisto por um comitê independente e não há prazo para a retomada dos testes clínicos.

PARA CONTINUAR LENDO,
TORNE-SE UM ASSINANTE

Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
SEM DIFICULDADES

Já é assinante, entre aqui

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.