Os estudos que tentam entender a relação entre a vitamina D e a covid-19

Ainda inconclusivas, pesquisas apontam que deficiência da substância pode prejudicar o sistema imune e elevar o risco de infecção. Resultados não apontam ‘antídoto’, como alegam notícias falsas  

    Um item de fake news bastante popular durante a pandemia afirma que a vitamina D é um poderoso antídoto contra a covid-19. Segundo peças de desinformação que circulam pelas redes sociais e aplicativos de mensagens, a chance de morrer pela doença do novo coronavírus para quem tem altos níveis da vitamina é praticamente zero.

    A notícia já foi largamente desmentida por iniciativas de checagem e especialistas da medicina. A narrativa falsa se baseia no fato de que existem pesquisas reais que observaram uma correlação entre níveis de vitamina D e a presença do novo coronavírus em organismos de alguns pacientes.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.