O uso da covid-19 para estigmatizar quem volta à Venezuela

Nicolás Maduro diz que cidadãos venezuelanos que retornam da Colômbia são responsáveis por disseminar a pandemia no país

    O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse no dia 15 de julho que os “trocheros” são responsáveis por contaminar “boa parte do país” com a covid-19. O nome é dado aos venezuelanos que regressam ao seu país usando trilhas ocultas nos 2.200 quilômetros que separam a Venezuela da Colômbia.

    Desde 2017, 1,8 milhão de venezuelanos migraram para a vizinha Colômbia, fugindo da crise política, econômica e humanitária que assola o país caribenho. A partir de março, com a pandemia da covid-19 se alastrando pelo mundo, muitos começaram a retornar à Venezuela.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.