Os equipamentos de proteção que viram cenários de miniatura

Máscaras, luvas, termômetros e rolos de plástico integram projeto diário com objetos domésticos iniciado em 2011 pelo diretor de arte e fotógrafo japonês Tatsuya Tanaka

    Temas
    Foto: Tatsuya Tanaka/Reprodução
    Máscara é posta esticada, e suas rugas dividem raias olímpicas. Em cada uma delas, há diversos bonecos em miniatura nadando, alguns cortados pela metade, como se simulassem estar dentro d'água. Há também mini-coqueiros, e um salva-vidas sentado em uma cadeira observando os nadadores
    Máscara cirúrgica se transforma em piscina com raias

    As máscaras são um dos itens mais importantes de um 2020 marcado pelo novo coronavírus. Seu uso reduz o risco de transmissão do vírus causador da doença, e é peça obrigatória por lei em diversos países, incluindo o Brasil.

    Há quem seja criativo ao confeccionar as próprias proteções com tecidos, cores e estampas diferentes. Tatsuya Tanaka, diretor de arte e fotógrafo japonês, vai além.

    O artista encabeça o “Miniature Calendar” (Calendário em miniatura, em tradução livre), um projeto diário em que cria pequenos cenários com objetos domésticos desde 2011.

    Na pandemia, ele cria pequenas cenas usando os equipamentos de proteção contra o novo coronavírus. Termômetros, rolos de papel, luvas e máscaras viraram matéria prima para seu projeto.

    Foto: Tatsuya Tanaka/Reprodução
    Em banheiro, ao lado do vaso sanitário, dois rolos são estendidos até o chão como simulando uma colina. Há alguns bonecos de miniatura como esquiadores descendo a extensão. No chão, há uma série de pinheiros nevados e uma van aguardando alguns atletas
    Rolos de papel higiênico se transformam em pista de ski

    Com esses objetos, ele faz piscina com raias, uma rede de volêi ou uma barraca de acampamento. Já o papel higiênico vira uma pista de ski ou um trem parado na plataforma.

    Foto: Tatsuya Tanaka/Reprodução
    Duas luvas lado a lado. Os dedos simulam as ondas quebrando. Sob o peito da mão, uma surfista em miniatura
    Luvas se transformam em ondas no mar

    O trabalho com miniaturas

    Desde que criou o projeto “Miniature Calendar” em 2011, Tanaka não deixou passar um dia sem uma composição nova. Em sua página no Instagram, com mais de 2,6 milhões de seguidores, os posts diários recebem curtidas de centenas de milhares de pessoas. Para conhecer o arquivo de fotos ao longo desses anos todos, há também um site com ferramentas de busca que ajudam a navegar com mais facilidade.

    Foto: Tatsuya Tanaka/Reprodução
    Uma série de circuitos simulam linhas de plantação de arroz. No começo de cada uma, há um colhedor com chapéu curvado fazendo a colheita
    Circuitos de chip de computador se transformam em campos de arroz

    Após selecionar os bonequinhos mais adequados para um determinado trabalho, com uma ajuda de uma lupa, ele pinta e cola partes fixadas a eles. Depois, monta o set, posiciona o objeto doméstico e edita as fotos. É possível ver todo o processo em seu canal do YouTube, em vídeos publicados também numa base diária desde julho de 2020, em que ele mostra como chegou a foto final publicada.

    Foto: Tatsuya Tanaka/Reprodução
    Uma linha segura uma fila de giletes. Em cada um, um esquiador carrega seus equipamentos. Abaixo, pinheiros com neve ornam o espaço
    Giletes para barbear se transformam em teleférico para pista de ski

    Com o trabalho, Tanaka montou exposições de sucesso no Japão e criou uma propaganda e uma abertura de série de TV com a mesma técnica. Ele também publicou livros com coletâneas de suas miniaturas que podem ser adquiridos pela internet.

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.

    Já é assinante? x

    Entre aqui

    Continue sua leitura

    Inscreva-se abaixo no Boletim Coronavírus, uma newsletter diária do Nexo: