Quais os efeitos do auxílio emergencial sobre renda e pobreza

Dados mostram alcance do benefício na população em meio à pandemia. Políticos, economistas e organizações da sociedade civil se mobilizam por um programa de renda básica permanente no Brasil

    A pandemia do novo coronavírus atingiu não apenas o sistema de saúde como toda a estrutura econômica brasileira. A crise expôs a população mais vulnerável economicamente, como os quase 20 milhões de brasileiros que trabalhavam informalmente no início de 2020.

    Como forma de amparar essa população, o Congresso Nacional articulou a criação de um programa de renda básica para os mais atingidos: o auxílio emergencial. O auxílio se tornou a principal medida econômica do governo federal em meio à crise.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.