Este site oferece tours virtuais guiados por Jerusalém

Desenvolvido por israelenses, os vídeos filmados em 360º permitem que o usuário arraste a tela para ver detalhes dos atrativos enquanto ouve as explicações do guia em inglês

Estamos com acesso livre temporariamente em todos os conteúdos como uma cortesia para você experimentar o jornal digital mais premiado do Brasil. Conheça nossos planos de assinatura. Assine o Nexo.

    Em 2019, Jerusalém bateu o recorde de visitantes em um ano: 4,5 milhões. A cidade tem como principal atrativo a tradição religiosa que remonta a milênios de história. Então, a crise do novo coronavírus paralisou o turismo na região e no mundo. Mas uma plataforma lançada antes da pandemia permite que usuários possam conhecê-la do conforto de casa.

    Nela, o usuário pode acessar pontos famosos como a Cidade de Davi, a Basílica do Santo Sepulcro e a Via Dolorosa. Trata-se de uma série de vídeos acompanhados de um guia em língua inglesa, que apresenta detalhes da arquitetura e história de cada lugar. Alguns vídeos também estão disponíveis em espanhol. Até julho de 2020, estão disponíveis mais de 100 tours virtuais em 25 destinos do Israel.

    Todos eles são filmados em 360º, o que permite que você arraste a tela para onde quiser olhar enquanto ouve as explicações. Os desenvolvedores israelenses Aviad Betesh e Itamar Ben David dizem que por ora qualquer um pode acessar aos vídeos de graça, mas no futuro pensam em cobrar uma contribuição.

    Considerada sagrada por judeus, cristãos e muçulmanos, Jerusalém guarda dezenas de templos e sítios arqueológicos, em uma área (125,1 km²) só maior que Vitória (93,4 km²), entre as capitais do Brasil. Mesmo pequena, a região é disputada desde a formação dos estados de Israel e da Palestina.

    Como funciona a plataforma

    Uma vez no menu de tours, o usuário escolhe qual região quer conhecer. Há passeios guiados pelos quatro quadrantes que formam Jerusalém: o judeu, o cristão, o muçulmano e o armênio.

    Após selecionado, cada tour tem um menu de episódios. Na nova página, basta clicar mais uma vez sobre o nome do capítulo que, passando o mouse por cima, ficará destacado em amarelo.

    Finalmente no vídeo, é possível escolher a qualidade e modo de visualização. A plataforma também é compatível com óculos de realidade aumentada, para os usuários que tiverem um.

    No computador e no celular, basta arrastar o cursor ou dedo pelos detalhes em quadro. O zoom é bem-vindo para enxergar tetos, paredes e inscrições mais distantes. Quando o episódio acabar, volte ao menu anterior para passar aos próximos vídeos.

    Entre os passeios, há também séries no rio Jordão, e nas cidades de Nazaré e Cafarnaum. Os três em Israel, mas fora dos limites de Jerusalém.

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.