Quais as dúvidas em torno da origem do novo coronavírus

Equipe da OMS viajou à China para tentar rastrear caminho do Sars-CoV-2. Pesquisas identificaram amostras em esgoto que seriam anteriores ao primeiro surto registrado em dezembro de 2019

A origem do novo coronavírus, ou Sars-CoV-2, permanece um mistério para a ciência, com novas pesquisas trazendo mais dúvidas do que respostas. A descoberta de que o vírus circulou pelo esgoto de diferentes cidades do mundo antes do primeiro surto em Wuhan, na China, contribuiu para levantar mais perguntas sobre o fenômeno.

Na sexta-feira (10), dois pesquisadores da OMS (Organização Mundial da Saúde) embarcaram para a China para tentar rastrear as origens do vírus, em uma parceria com cientistas locais. Os dois investigadores da OMS, especialistas em saúde animal e epidemiologia, trabalharão com cientistas chineses para determinar a abordagem e os rumos da investigação, disse Margaret Harris, representante do braço das Nações Unidas responsável pela saúde.

ASSINE O NEXO PARA
CONTINUAR LENDO

Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
SEM DIFICULDADES

Já é assinante, entre aqui

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.